30/09/2014

"Eleitor não gosta de candidato fujão", diz Robert Rios sobre W. Dias

O deputado estadual Robert Rios Magalhães comentou a ausência do candidato a governador Wellington Dias (PT) no debate promovido pela TV Antena 10, na última sexta-feira (26). Wellington alegou que estaria sendo tratado de maneira desigual pela emissora. 

Robert disse que a justificativa não tem fundamento já que o debate seria o momentoadequado para responder todas as dúvidas ou acusações que possam pesar contra Wellington. 

Robert Rios(Imagem:Bernardo Marçal/ GP1)Robert Rios
“Eleitor não gosta de candidato fujão. Nem que ele fosse perseguido, o debate era pergunta de candidato para candidato. Além disso, seria a oportunidade para ele se defender. O debate era ao vivo e não tem como armar nada. Por isso, a justificativa de Wellington não procede”, afirmou.

Robert acredita que Wellington decepcionou os eleitores que esperavam uma justificativa plausível para as acusações que são atribuídas a ele, inclusive, a respeito dos R$ 180 mil reais encontrados debaixo do banco do carro do primo do petista, José Martinho.


Wellington Dias(Imagem:Reprodução)Wellington Dias
“Wellington não foi porque sabia que seria muito questionado, principalmente a respeito dos R$ 180 mil encontrados com o primo dele. Mas, como ele não tem explicação preferiu faltar ao debate. Algo que decepcionou muita gente”, frisou o deputado.

Fonte: Portal GP 1

ATENÇÃO PARA AS VAGAS DE EMPREGO

Nosso espaço esta crescendo, por isso estamos selecionando colaboradores, a fim de integrar nosso grupo tão especial de cuidadores infantis. Estamos recebendo Currículos de Profissionais da área de pedagogia, técnicos de enfermagem, cuidadores de bebes e babás. Faça parte da nossa equipe, entregar currículo no local da Creche Mamãe Coruja na Rua Pedro Segundo no Centro de Parnaíba ou enviar pelo e-mail cacasampaio19@hotmail.com.br Mais informações (086)9806-2019

PROMOÇÃO DA SEMANA NO PARAÍBA


TV PANASONIC LED GINGA HD USB R$ 849,00 AVISTA OU 1+11 DE R$ 95,10


ESCRIVANINHA NOTAVEL SAFIRA POR APENAS R$ 299,00 AVISTA OU 1+11 DE R$ 33,50

PROMOÇÃO POR TEMPO LIMITADO ENTÃO APROVEITE

Pedido de investigação contra instituto Credibilidade é arquivado pelo TRE-PI

O juiz auxiliar da propaganda eleitoral, Antônio Lopes de Oliveira, arquivou processo de ação movida pela Coligação A Vitória com a Força do Povo contra o Instituto Credibilidade. A coligação encabeçada pelo candidato Wellington Dias (PT) pediu que cópias de pesquisa realizada em Teresina fosse encaminhada para a Polícia Federal. A decisão acompanha o parecer do Ministério Público.
A coligação havia pedido acesso aos relatórios do sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados do instituto, o que foi fornecido pelo Instituto. Além destes dados, segundo a própria decisão do juiz, " não há mais informações a requerer ao instituto de pesquisa representado".
A pesquisa alvo da ação foi divulgada no último dia 07 de setembro. Nos números estimulados para governo, o candidato Wellington Dias (PT) aparece com 42,12% das intenções de voto dos entrevistados, seguido por Zé Filho (PMDB) com 39,25%. O candidato Mão Santa (PSC) teve 2,38% da preferência.
A pesquisa está registrada no TRE/PI (Tribunal Regional Eleitoral), sob o número de protocolo PI-000121/2014, e foi realizada no período de 04 a 06 de setembro de 2014, ouvindo 800 pessoas. A margem de erro é de 3,39% para mais ou para menos, nível de confiança de 95%.
Publicado Por: Apoliana Oliveira

29/09/2014

OPORTUNIDADE DE TRABALHO - DIARISTA

BOM DIA GOSTARIA DE DIVULGAR NO SEU QUE ESTOU PRECISANDO DE UMA DIARISTA P SÁBADO E DOMINGO QUE SAIBA COZINHAR FORNO E FOGÃO.


ATENCIOSAMENTE
ANA CATHARINA PESSOA.
CONTATO: 9418 9832. 

STF não consegue citar W.Dias para que se defenda no 'Caso Algodões'

O Supremo Tribunal Federal (STF) não conseguiu localizar o candidato ao governo do Piauí, senador Wellington Dias (PT), para citá-lo na Ação Penal Nº 866. A ação trata da acusação por homicídio culposo contra o parlamentar devido à tragédia da Barragem de Algodões.

O STF mandou citar o candidato pelo PT para que ele se pronuncie a respeito dos fatos existentes na AP. Wellington Dias é acusado de ter responsabilidade na morte de nove pessoas quando do fatídico acontecimento ocorrido em 2009, em ação movida pelo Ministério Público.

O mandato, no entanto, não foi cumprido, segundo informações da mais alta Corte do Judiciário brasileiro. A devolução do mandato de citação endereçado ao senador foi juntada no processo no último dia 16 de setembro.
“Juntada de mandado de citação não cumprido. (Em 16/09/2014) Do Senador da República, José Wellington Barroso de Araújo Dias”, traz o site do STF.
pros_.jpg
No debate ocorrido na TV Cidade Verde, Wellington Dias foi questionado sobre quando iria dar uma satisfação ao Supremo Tribunal Federal, mas não respondeu. O mandato de citação foi expedido por ordem do ministro relator, o decano Celso de Mello. O despacho foi publicado no dia 8 de setembro no Diário de Justiça Eletrônico (DJE)
No documento, o ministro determina ainda que sejam extraídas “cartas de ordem, a serem encaminhadas aos Juízes de Direto dos Estados do Piauí e do Ceará, por intermédio da Presidência dos respectivos Tribunais de Justiça, a quem o feito couber por distribuição, para realizar a citação dos corréus do engenheiro Luiz Hernani de Carvalho e da ex-toda poderosa da Emgerpi, Lucile Moura”.

O ministro revisor da AP Nº 866 é Marco Aurélio.

NO PERÍODO ELEITORAL
Coincidentemente, a Ação Penal que acusa o senador petista de homicídio ganha importante movimentação justamente durante o período eleitoral. Wellington Dias tem falado que o uso da tragédia em época de campanha é “oportunista” e “eleitoreira”. Mas desta vez foi a mais alta Corte do Judiciário brasileiro que trouxe à tona o assunto ao dar continuidade ao andamento do processo.
ministro_a.jpg
A Ação Penal começou a tramitar em novembro de 2011. Nela Wellington Dias responde por homicídio culposo, quando não tem intenção de matar. O petista, à época da tragédia, em 2009, era governador do estado, e após parecer técnico do engenheiro responsável mandou as pessoas voltarem para suas residências, afastando o risco de estouro da barragem. A tragédia anunciada se concretizou e tornou o Piauí um centro de atenção da imprensa nacional.
Até hoje as famílias vítimas da tragédia nunca foram indenizadas e Wellington Dias é visto pelas pessoas envolvidas no descaso público como o principal responsável pelas radicais mudanças em suas vidas.
WELLINGTON PEDIU VOTO A VÍTIMAS DA BARRAGEM
O candidato Wellington Dias esteve já nesta eleição no município de Cocal e chegou a pedir votos a membros das famílias vítimas da barragem. Ele não visitou os assentamentos, mas encontrou-se com vítimas da tragédia quando visitava, em um domingo, a feira matinal de Cocal. A visita do petista ao município para pedir votos causou revolta em muitas pessoas da cidade. Na caminhada pela feira ele chegou a ser vaiado e confrontado.
Uma das pessoas a quem W. Dias pediu voto foi à dona Maria de Fátima, que perdeu duas filhas na tragédia, uma de 11, Francisca Maria, e outra de 16 anos, Maria Alessandra; e ainda hoje sonha com elas e lamenta a morte prematura das irmãs.
Dona Fátima, que vive de vender hortaliças na feira de Cocal, estava presente quando a comitiva de Wellington passou. Ela teve que ser forte para suportar uma situação inesperada. Foi abordada pelo senador petista. "Falei com ele e tudo, mas só eu e Deus sabem como me senti. Por que eu perdi minhas filhas porque ele mandou a gente voltar", afirmou.
Em uma gravação feita pelo 180, Maria de Fátima foi mais enfática. "No domingo o senador Wellington Dias esteve na feira falando com todo mundo. Teve lá até um senhor que disse umas verdades para ele. (...). E ele falando com todo mundo eu estendi minha mão para ele por educação, mas só eu e Deus sabem a mágoa, a dor que eu estava sentindo. Porque ele estava no poder quando aconteceu e não fez nada por a gente. E até hoje não fez nada por a gente e agora anda atrás de voto", tascou.
Repórter: Rômulo Rocha
Publicado Por: Apoliana Oliveira

Oposição e situação apoiam Zé Filho em Castelo do Piauí

No último sábado (27/09), o governador Zé Filho (PMDB), candidato a reeleição esteve no município de Castelo do Piauí. Após participar de um comício com as lideranças da situação, ele foi para uma reunião com os vereadores Raimundinho Mineiro (PSB) e professor Jadeilson (PSB), que compõe a oposição no município.

O governador agradeceu o apoio dos dois grupos políticos e disse que vai honrar com todos os compromissos. Segundo ele, a união de todas as lideranças da cidade só aumenta sua responsabilidade.
IMG_4618.JPG
IMG_4631.JPG
IMG_4639.JPG
IMG_4643.JPG
IMG_4644.JPG
IMG_4647.JPG
IMG_4648.JPG
IMG_4651.JPG
IMG_4652.JPG
IMG_4663.JPG
IMG_4666.JPG
IMG_4672.JPG
IMG_4673.JPG
IMG_4676.JPG
Isabel Ribeiro e Rayane Chaves – direto de Castelo do Piauí

PAX UNIÃO INFORMA

PAX UNIÃO - A Amiga nas Horas Difícieis 

NOTA DE FALECIMENTO


A PAX UNIÃO, em nome da família enlutada, cumpre o seu doloroso dever de comunicar o falecimento do Sr. VALDEMAR INACIO PEREIRA, 82 anos de idade, ocorrido nessa tarde (29.09.2014) por volta das 17h00min no HEDA (Hospital Estadual Dirceu Arcoverde). O corpo está sendo velado em sua residência na Rua Roland Jacob, 704 – Bairro São Vicente de Paula – Parnaíba – PI, o sepultamento acontecera amanhã (30.09.2014) as 09:00hs para o cemitério do bairro São Vicente de Paula.
1.       



A PAX UNIÃO, em nome da família enlutada agradece a todos que comparecerem a este ato de fé e piedade cristã.
                                                                                            
Informou a Pax União


Floricultura Violeta
Parnaíba – PI, 29 de setembro de 2014.

Deu no Claudio Humberto: Acorda Piauí


O ministro Gilberto Carvalho jogou a toalha. Admitiu em uma roda que restam ao PT duas esperanças de eleição em governos estaduais: Tião Viana, no Acre, e Wellington Dias, no Piauí. E olhe lá.

AÇÃO: Vereador Carlson Pessoa entrega mais um colete ortopédico.


"ESTADO AFUNDA EM DÍVIDAS"

O senador e candidato a governador Wellington Dias (PT), não é e nem nunca foi o "santo" que sempre aparentou ser.Também não casou com a mentira, como disse Mão Santa. "É a própria mentira". 
Mente, descarda e dissimuladamente. E sobre a situação financeira do Estado, que ele critica tanto, como se nada tivesse a ver com o assunto, ele mente muito mais ainda. É só avaliar o texto abaixo, escrito pelo jornalista Zózimo Tavares, dia 12.12.2007, no primeiro ano de segundo mandato de Wellington Dias(6 anos como governador à época). O texto foi divulgado no jornal "Diário do Povo", do qual Zózimo é editor chefe. E está no livro "Aprendiz de Feiticeiro". É uma constatação de que foi ele, Wellington Dias, um dos que ajudou a quebrar o Estado, que quebrado estava quando Wilson Martins assumiu, como foi dito em Parnaíba num encontro de blogueiros pelo próprio Wilson, hoje candidato a senador. O texto é o seguinte:

"ESTADO AFUNDA EM DÍVIDAS"
"A situação financeira do Piauí é crítica. O quadro se agravou profundamente depois das eleições. O Estado deixou de pagar empreiteiros, prestadores de serviços e fornecedores. Muitos deles sofreram mesmo foi o calote. A Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe o pode público de deixar dívidas para a gestão seguinte.
Como o atual governo não é uma continuação do anterior – e o próprio governador Wellington Dias deixou isso bem claro ao lançar uma nova logomarca, para marcar o divisor de águas – ele não se arriscou a fazer empenhos depois de 31 de dezembro para as contas contraídas durante o exercício de 2006. Os que têm negócios no Estado e conseguiram empenhar suas faturas até a virada do ano receberam ou receberão o pagamento. Porém, os muitos que tinham e têm dinheiro a receber e não conseguiram fazer o empenho podem dar as faturas como perdidas.
Um dos setores mais prejudicados é o da construção civil. Dezenas de pequenos e médios empreiteiros que foram contratados para fazer estradas e reformar prédios de escolas às pressas, no interior do Estado, no ano passado, estão com a corda no pescoço. Muitos não receberam o pagamento pelo serviço prestado. Eles foram contratados pelo DER e pela Secretaria de Infraestrutura, Secretaria de Obras e Comdepi.
A crise é tão grave que vários deles já perderam suas casas, terrenos, carros e outros bens. A maioria se encontra inscrita em órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, porque também não conseguira honrar seus compromissos financeiros e estão inadimplentes na praça. É grande o número de construtoras que está pendurada em agiotas.
O Portal AZ divulgou na semana passada que o Governo do Estado não fez o repasse das parcelas dos empréstimos consignados em folha feitos por servidores com o aval do Estado. Ou seja, todos os meses, a parte dos bancos é descontada no contracheque do servidor, mas não é repassada ao banco. Milhares de servidores também estão negativados por causa da negligência do Estado. A dívida só com empréstimos passa de  R$ 150 milhões.
É este o “Estado organizado” de que tanto se falava?"

Blog do bsilva:

REVISTA VEJA: Detidos com R$ 180 mil financiaram petista no Piauí

Prima do senador Wellington Dias era candidata a prefeita de São José do Peixe e recebeu doação do irmão, que assessora Dias no Senado

Felipe Frazão, de Teresina (PI)
O caso dos 180.000 reais apreendidos sob o banco de um carro envolve familiares do senador Wellington Dias (PT-PI)
O caso dos 180.000 reais apreendidos sob o banco de um carro envolve familiares do senador Wellington Dias (PT-PI)(Moreira Mariz/Agência Senado/VEJA)
Os dois homens detidos pela Polícia Rodoviária Federal com 180.000 reais em dinheiro vivo escondidos no banco traseiro de um carro financiaram a campanha de uma candidata do PT no Piauí nas eleições municipais de 2012 – um deles, José Martinho Ferreira de Araújo, é primo do senador petista Wellington Dias, candidato ao governo do Estado neste ano. Martinho ocupa cargo de confiança no gabinete de Wellington Dias no Senado Federal e foi detido na última quinta-feira com Paulo Fernando de Sousa durante blitz na BR-242 em Barreiras (BA). Eles viajavam de Brasília ao interior do Piauí.
O primo do senador assumiu a posse do dinheiro, mas não explicou a origem das notas de 100 reais com lacre de banco e selo de uma transportadora de valores, datados de 7 de setembro. Informalmente, circulou na delegacia a versão de que eles comprariam uma fazenda – o que não foi registrado no depoimento. O dinheiro ficou sob guarda da Justiça Federal. A Polícia Civil prendeu Sousa por ter apresentado uma carteira de habilitação falsa. Martinho foi liberado após o registro da ocorrência na Delegacia de Barreiras. O caso é investigado agora pela Polícia Federal, a pedido do Ministério Público Eleitoral.
Nas eleições municipais passadas, Martinho e Sousa doaram recursos para a campanha da dona de casa Francisca Maria de Araújo, a Ticana, candidata do PT à prefeitura de São José do Peixe (PI). Irmã de Martinho, Ticana também é prima de Wellington Dias. Martinho fez um depósito de 3.000 reais em espécie em favor da irmã; Sousa contribuiu com recursos estimáveis em dinheiro (doação de bens ou prestação de serviços) equivalentes a 2.520 reais, de acordo com dados da Justiça Eleitoral. Ela não foi eleita.
O site de VEJA apurou que o pai de José Martinho e Ticana, Leonel Dias de Araújo, é irmão do avô do senador Wellington Dias. A família possui uma propriedade rural, a Fazenda Melancias, na região dos municípios São Miguel do Fidalgo e São José do Peixe – onde moram, respectivamente, 2.994 e 3.702 habitantes, segundo estimativa do IBGE. À Justiça Eleitoral, Dias declarou ser dono de uma propriedade rural com 115 hectares em São Miguel do Fidalgo, avaliada em 19.000 reais.


O procurador regional eleitoral do Piauí, Kelston Pinheiro Lages, suspeita de três crimes: lavagem de dinheiro, compra de votos e uso de documento falso. A campanha do senador Wellington Dias ao governo do Estado afirmou, em nota pública, que o dinheiro não pertence a ele. Segundo Dias, Martinho trabalha como motorista em seu gabinete, mas estava em viagem pessoal e de férias do Senado. Ele nega envolvimento no caso. O petista lidera a campanha eleitoral com 49% das intenções de voto, ante 22% do atual governador, Zé Filho (PMDB), e 7% de Mão Santa (PSC), de acordo com o Ibope. A reportagem não conseguiu contato com Dias nesta terça-feira.

Café e Cia

Credibilidade em 64 municípios: Iracema Portella e Wilson Brandão lideram pesquisa

180 e o Instituto Credibilidade divulgam no blog Pesquisa Eleitoral, os números com as intenções de voto para Deputado Federal e Deputado Estadual em 64 municípios piauienses.
Foram ouvidos 1.142 eleitores na zona Urbana e Rural da cidade, no período de 23 a 26 de setembro de 2014. O levantamento tem margem de erro de 2,90% para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada com o número PI-00188/2014.
Na consulta para deputado estadual e federal os entrevistados são questionados de forma espontânea, ou seja, não há indicação de votos por parte do Instituto, assim os entrevistados citam o candidato que lhe vem à mente.
DEPUTADO FEDERAL
Na consulta para deputado federal, também espontânea, 4,38% disseram votar em Iracema Portella. Outros 3,50% dizem votar em Átila Lira, 2,98% em Silas Freire, outros 2,89% em Heráclito Fortes e 2,89% em Marcelo Castro.
geralfederal.jpg
DEPUTADO ESTADUAL
Na pesquisa espontânea para deputado estadual, Wilson Brandão aparece com 2,36%, Themístocles Filho aparece com 1,93% das intenções de voto, seguido por Edson Ferreira com 1,93%, Antônio Félix 1,84% e Juliana Moraes Souza com 1,75%.
geralestadual.jpg
Mais informações sobre as pesquisas divulgadas pelo 180, entrar em contato com Raiara Feitosa: (86) 9955-3434.
Publicado Por: Fábio Carvalho

Donos de trailers temem perseguição de Florentino Neto depois da eleição

Nos bastidores da política parnaibana comentam-se de que após o pleito eleitoral deste ano, os donos de trailers serão mais uma vez alvo da ira do prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, que não 'engoliu' a movimentação feita pelos comerciantes, em reunião e com auxílio de advogados, para parar o processo de retirada sistemática dessas estruturas das vias públicas do município.
Apesar de ter retirado alguns trailers, a Prefeitura de Parnaíba parou de perseguir os comerciantes após reunião dos representantes da classe com o gestor petista Florentino Neto. A grande repercussão negativa na mídia fez o prefeito parar, a contragosto, seu projeto de 'limpar' ruas e avenidas do município, já que é do conhecimento de todos que ele não vai descansar enquanto não derrubar o último trailer em Parnaíba.


Os comerciantes sabem que Florentino Neto está quieto, ainda, por conta do período eleitoral, para não prejudicar os candidatos do PT em Parnaíba, mas, logo após termine o pleito, haverá a retomada da ação dos veículos da PMP para demolir todos os trailers existentes, um a um, independente do local.
Eles alegam que o prefeito do PT visitou os trailers na época da eleição passada, com uma cara de bom moço, sorridente, pedindo votos e garantindo que governaria para todos. Depois que assumiu, a realidade, o discurso e as ações mudaram muito. Todos os trailers de Parnaíba juntos geram mais de 500 empregos. Para efeito de comparação, é quase o dobro da quantidade de empregos gerados por um shopping da cidade.

Redação Portal F5

TV Clube realiza debate com quatro candidatos; Zileide Silva vai mediar

A TV Clube exibe na noite desta terça-feira (30/09), o penúltimo debate com os candidatos a governador do Piauí. Quem fará a medicação é a jornalista Zileide Silva, que pela terceira vez vem ao estado para este tipo de apresentação, a última foi para o primeiro turno das eleições para prefeito de Teresina em 2012. Segundo a organização, o debate terá 80 minutos de duração, e deve ser iniciado à 22h50. Todas as afiliadas da Rede Globo no país devem realizar o debate nos estados ao mesmo tempo.
Vão participar do debate os candidatos Maklandel Aquino (PSOL), Mão Santa (PSC), Wellington Dias (PT) e Zé Filho (PMDB), apenas os que tem representação no Congresso Nacional. Daniel Solon (PSTU), Lourdes Melo (PCO) e Neto Sambaíba (PSL) ficam de fora. O debate deve seguir as regras tradicionais, as mesmas seguidas nos anteriores, onde divididos em blocos, candidatos fazem perguntas entre si, ora por sorteio, hora por livre escolha, temas também serão disposto em dados momentos.
Quarta-feira (01/10) será realizado o último debate deste turno, pela TV Meio Norte, que também só deve contar com a presença dos quatro candidatos que tem representação no congresso, assim como fez no primeiro debate.
WELLINGTON VAI?Após ter desistido de participar do debate Fogo Cruzado, realizado pela TV Antena 10, na última sexta-feira (26/09), o senador petista deixa na dúvida sua participação no debate da afiliada global. Segundo uma nota que divulgou na semana passada para justificar a sua falta, ele dizia que a emissora ‘fere os preceitos democráticos e a ética jornalística’. Para quem lembra, a TV Clube deu em primeira mão o caso em que R$ 180 mil encontrados no carro do primo e motorista de Wellington Dias. A sua coligação ainda entrou com um processo contra a jornalista Denise Freitas e a TV.
Repórter: Jhone Sousa
Publicado Por: Jhone Sousa

Vereador Carlson Pessoa solicitou ao governador Zé Filho o asfaltamento de ruas do Bairro do Carmo

Fazendo parte das obras de mobilidade urbana do Governo do Estado em Parnaíba, o asfaltamento da Rua Alcenor Candeira, Almirante Gervásio Sampaio, São José e outras. 

É uma antiga reivindicação de moradores do bairro Nossa Senhora do Carmo. O vereador licenciado Carlson Pessoa(PSB) fez a solicitação ao governador Zé Filho, por conta dos inúmeros pedidos da população.


Na manhã do dia 24 de setembro, a obra de recapeamento asfáltico começou a ser realizada pelo Governo do Estado, depois de mais de 15 anos de abandono da Prefeitura de Parnaíba. A Rua Alcenor Candeira é uma das principais da região central do município, mas em virtude da quantidade excessiva de buracos, a trafegabilidade no local era bastante prejudicada, gerando reclamação de condutores de veículos e moradores.
A obra também foi requerida por várias lideranças comunitárias e políticas, mas o pedido do vereador licenciado Carlson Pessoa ao governador Zé Filho foi fundamental para que a intervenção urbana fosse realizada na Alcenor Candeira.


“Por tanta omissão e descaso da Prefeitura de Parnaíba, alguns moradores nem acreditaram quando viram as máquinas começando a fazer o asfaltamento na Alcenor Candeira. Mais uma ação do Governo do Estado que vai melhorar o trânsito nessa importante via, com muitas empresas e residências. Esse asfaltamento foi promessa de campanha do atual e do ex-prefeito de Parnaíba, mas a obra nunca foi realizada. Agora, sim, os moradores do bairro do Carmo têm motivo para comemorar”, disse Carlson Pessoa.

PAX UNIÃO INFORMA

PAX UNIÃO - A Amiga nas Horas Difícieis 
NOTA DE FALECIMENTO


A PAX UNIÃO, em nome das famílias enlutadas, cumpre o seu doloroso dever de comunicar o falecimento das seguintes pessoas ocorrido durante o final de semana:

1.    OSCAR JESUS DO NASCIMENTO, 97 anos de idade, falecido em sua residência no Povoado Remanso (27/09/2014). O corpo foi sepultado no Cemitério da comunidade.
2.    FRANCISCO MACHADO SILVA, 81 anos de idade, falecido no HEDA (Hospital Estadual Dirceu Arcoverde). O corpo está sendo velado em sua residência na Rua Santo Antônio, 2190, B. Piauí. O sepultamento será logo mais às 08h00min de hoje (29/09/2014) para o Cemitério São Sebastião.
3.    ENGRACIA RABELO DE ALMEIDA, 88 anos de idade, falecida no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, por volta das 08:00hrs da manhã de ontem (28/09/2014). O corpo está sendo velado em sua residência, e está com sepultamento marcado para logo mais as 07:00hrs de hoje (29/09/2014) para o cemitério Santana.
4.    RAIMUNDO RENOVATO DOS SANTOS, 90 anos de idade, falecido em sua residência, por volta das 01:40 da madrugada de hoje, (29/09/2014). O corpo está sendo velado em sua residência, na Rua Proj. G, Bairro Campo, Município de Bom Princípio do Piauí. O sepultamento está marcado para às 16:30hrs de hoje (29/09/14), para o cemitério de Bom Princípio.

5.  Sra. BENEDITA MARIA DE CARVALHO SANTOS, 79 anos de idade, ocorrido nessa manhã (29.09.2014) por volta das 08h30min no HEDA (Hospital Estadual Dirceu Arcoverde). O corpo está sendo velado em sua residência na Rua 13  de maio, 306 – Bairro São Jose – Parnaíba – PI, o sepultamento acontecera logo mais as 17:00hs para o cemitério Igualdade.


A PAX UNIÃO, em nome das famílias enlutadas agradece a todos que comparecerem a este ato de fé e piedade cristã.
                                                                                                                    
Informou a Pax União


Floricultura Violeta
Parnaíba – PI, 29 de setembro de 2014.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...