24/01/2011

Por que as pessoas jogam lixo no chão?

Bom dia Senhor Carlson.

Referente ao artigo "Lixo espalhado pela cidade", publicado por Blog do Pessoa na data de 16/12/2020 às 12h52min, sirvo este artigo para que seus leitores possam tirar a própria conclusão, formar o juízo e adotar as devidas mudanças habituais. 



As primeiras justificativas sobre o lixo no chão que se lê em relacionados assuntos e comentários publicados nos blogs da cidade são:

- a falta de escolaridade do povo;
- a falta de uma lixeira perto;
- a coleta de lixo é precária;

- a culpa é do prefeito;
- as quatros opções juntas!

Constato que “por que as pessoas jogam lixo no chão? NÃO é a falta de escolaridade ou similares… A resposta é por INSTINTO e por falta de EDUCAÇÃO DOMÉSTICA!
Como assim?
Nós seres humanos somos parte integrante de um sistema gigantesco chamado Natureza. E por incrível que pareça, nós também temos o nosso papel: "Cuidar do meio ambiente é um corolário da fé cristã" (Salmo 24.1).
Assim como as abelhas e pássaros polinizam as flores, os urubus que comem carcaças e os camarões que limpam os restos orgânicos do oceano. Somos descendentes dos primatas que por INSTINTO lançamos cascas de bananas no chão, e pelo mesmo impulso abrimos a mão e espalhamos restos orgânicos por onde estamos! E isto era para ser algo bom! Contudo, só lançar no meio da horta ou debaixo das plantas, que os restos orgânicos iriam ser alimentos para o sistema, fazendo compostagem. Ou algum pássaro ou mesmo as minhocas da terra iriam aproveitar aqueles restos.

Entretanto, nesse nosso lindo mundo moderno, tudo o que produzimos não é mais orgânico! Em conseqüência disso, se os pais não ensinam seus filhos que lugar de lixo é na lixeira, é fato que vão simplesmente largar o lixo no chão. Resultado? Garrafas, sacolas e tudo mais ficam na rua, nas praças, nos canteiros, na beira da estrada que prejudica a estética da cidade e gera graves problemas a saúde pública, até alguém queima ou retira a sujeira e depois tudo começa de novo debaixo do sol, conduzido pelo INSTINTO e MAU HÁBITO!

Já Aristóteles (384-322 a.C.) constatou: "o homem, quando tem boa índole e moral, é o melhor dos animais, mas é também o pior de todos quando afastado da lei e da justiça. Logo, quando destituído de qualidades morais, o homem é o mais impiedoso e selvagem dos animais." De fato, seres humanos incapazes de superar seus instintos e maus hábitos, comportam-se como indivíduos animalescos. Isto é a questão de muitos e a pura realidade em que vivemos.

Enfim, se queremos a Parnaíba ordenada, limpa, saudável e atraente, é preciso examinar com juízo critico e objetivo os efeitos dos maus e dos bons exemplos mostrados pelas oito imagens, raciocinar e AJUSTAR A CONDUTA!


Abraço forte, exensivo aos seus familiares, equipe, ouvintes do Flagrante e leitores do blog.

Josef Anton Daubmeier


São Paulo

São Paulo

Parnaíba

Parnaíba


Edição Blog do Pessoa

42 comentários:

R Ú B I A disse...

muito boa sua postagem. Coerente e esclarecedora. Só uma resalva: essas fotos não de Parnaíba.

Anônimo disse...

parabéns ao Josef que não se nega nunca a dar sua contribuição como cidadão que aqui mora e quer respirar melhor.Incomoda, as vezes, mas ´fundamental sua contribuição para que luzes brilhem sobre as cabeças dos parnaibanos

Douglas disse...

QUANTO AO LIXO....REALMENTE NÃO ADIANTA, SE NÃO HOUVER UMA CONCIENTIZAÇÃO DO SER HUMANO.(PENSO QUE PODERIA SER UMA MULTA!) POIS ÁS VEZES A UNICA MANEIRA DE FAZER O POVO SENTIR E REPENSAR É MEXENDO NO BOLSO DELES!
MAS, ACREDITO TAMBÉM QUE HÁ MUITO PARA O PODER PÚBLICO FAZER. (MUITO e tão pouco) COMO A COLOCAÇÃO DE MAIS CAIXAS DE LIXO NA ÁREA CENTRAL DA CIDADE, EU NÃO SEI AI. MAS, AQUI ÁS VEZES EU ANDO QUADRAS! E....CADÊ AS DITAS CUJA CAIXAS DE LIXO? NADA! QUANDO É UM PAPEL ATÉ PODEMOS GUARDAR NA BOLSA PARA POR NO LIXO DEPOIS. MAS, E O RESTO?
O "JOGUE O LIXO NO LIXO!" FUNCIONA , SE HOUVER A COLABORAÇÃO DE TODOS!

Michela disse...

Vamos acabar com essa imundície das ruas!!! só chamando a atenção desse povo mesmo! O problema da população não é pq seja pobre de dinheiro, que não tem escolaridade não, SÃO POBRES DE ESPÍRITO! Onde o não sabem cuidar a coisa que mais deveríamos dar valor, a terra. Não é porque não estou em casa que eu vou jogar lixo nas ruas, eu não faço isso dentro da minha casa! As pessoas deveriam se lembrar que a rua também é a casa dela já que ambos fazem parte de um planeta só! e é por isso que o mundo vai de mal a pior, a população só pensa nela e esquece dos que virão. Gente! vamos ensinar os nossos filhos a não jogarem lixo nas ruas, é prejudicial p todo mundo mas principalmente p o nosso planeta. Se conseguirmos conscientizar as crianças podemos esperar pelo menos que o futuro delas não seja tão ruim como pode ficar se o povo não souber administrar o lixo. Haja planeta p tanto lixo, já se perguntaram o dia em que a terra não puder mais absorver tanto lixo, como vamos fazer? Acho que a resposta vem com os noticiários não é? Alagações, desmoronamentos, e vidas perdidas... infelizmente...

Josef disse...

Prezado Senhora Rúbia. As últimas três fotos mostram a situação na minha comunidade natal que pode servir como estímulo pra melhorar a estética urbana e elevar a qualidade de habitar em Parnaíba em benefício das atuais e futuras gerações.

Sandra disse...

A maioria dos brasileiros gosta tomar banho xis vezes por dia e a sua casa limpinha por dentro, mas quando se trata de limpeza urbana... viram uns verdadeiros porcalhões. Eu tb não me conformo com isso!

Ana disse...

Eu também fico muito irritada quando vejo as pessoas fazendo essas coisas. Na época de eleição os candidatos deveriam dar o exemplo, e não ficarem fazendo a sujeira que fizeram (e ainda vão fazer) com tantos santinhos jogados pelas ruas, deveriam ser multados. REALMENTE NÃO ADIANTA SE NÃO HOUVER UMA CONCIENTIZAÇÃO E UM BOM EXEMPLO DADO PELAS AUTORIDADES. Concientização e se não resolver, uma bela multa quem sabe resolve.

Edna disse...

Josef, fico feliz de saber que existem pessoas como vc. Eu compartilho da mesma opiniao. Tem gente que mesmo estando na calçada de casa joga o lixo na rua. O que eu acho uma vergonha. O problema é que muita gente confunde POBREZA COM SUJEIRA. Ainda existe muita gente desinformada, sem o minimo interesse pelo meio ambiente. é necessàrio mais informaçao, mais conscientizaçao também da parte dos poliiticos e das prefeituras. Com a implantaçao de mais lixeiras pelo menos nas partes centrais das cidades e praias. Mais informaçoes nas escolas e nas novelas...

Tiago disse...

Povo educado, cidade limpa
É uma vergonha ver a diferencia entre nossas cidades imundas em comparação com aquelas nas fotos mostradas.
Falta muito na organização na Parnaíba. Por exemplo, as pessoas devem saber o horário que o caminhão do lixo passa e que se deve colocar o lixo pra fora com uma hora de antecedencia. Se a reclamação for que o caminhão não está passando concordo que há uma falha no serviço, mas se a pessoa colocou o lixo fora de hora, infelizmente existem desocupados que gostam de um mal feito, ora os cachorros e urubus que passam nas ruas. A culpa não é só da prefeitura, temos sim parcela de culpa no problema, ou um simples papel de bala que jogamos na rua também é culpa da prefeitura? Temos que fazer a nossa parte para mantermos as ruas limpas. Há um ditado que diz que ”lugar limpo não é o que mais se limpa e sim o que menos se suja”

Verdadeira disse...

Parnaíba a cidade do faz de conta, faz de conta que o prefeito está trabalhando, os funcionários estão felizes, o cidadão está feliz também, ai! que maravilha tá todo mundo bem, ops acordaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa parnaibano, a cidade está jogada as moscas com buracos e lixo ô Prefeitinho esse nosso einh! quem não ama Parnaíba vota na próxima corujinha!!! acorda cambada de Manés

Cristina disse...

GOSTEI DESSA INFORMAÇÃO POIS ESTOU COM TRABALHO NA ESCOLA SOBRE PROBLEMAS AMBIENTAIS, SUAS CAUSAS E CONSEQUENCIAS
OBRIGADOOOOOOOO

André Luiz disse...

Estou no mesmo barco que o colunista Diogo Mainardi, desisti de combater o Lulismo, o Dilmismo, o PeTismo e o Corujismo (ou o secretarismo).
Portanto só digo uma coisa: continuem votando nesta corja que está na administração de Parnaíba hoje, quando o atual prefeito sair, votem no vice dele ou no Mão Anta ou em outro da máfia. Parnaíba merece a administração que tem, merece ser subdesenvolvida e merece a população que tem.

Maria do Carmo disse...

parabéns Josef pela excelente matéria que de um lado envergonha, mas confesso que é um grande impulso pra raciocinar e mudar nosso mau costume. Continue adotar o provérbio popular: "água mole pedra dura, tanto bate até q fura" bejios

Dionísio disse...

A população precisa cooperar, não basta cobrar providências das autoridades, cada um tem de fazer a sua parte. Está na hora das pessoas terem um pouco mais de educação e consciência com relação ao lixo.

Anônimo disse...

nesse blog tem um personegem muito cômico, eu abro todos os comentários só pra verificar se tem algun dele, o nada mais e nada menos q o ?? Josef!! o fafarrão, o cômico, a fugura mais azarada, o bom velhinho, esse blog ja teria ido pras cucúias sem ele nos apostilas, rsrrss... eita vou fazer um gibi só com os comentários do Graaaande Josef!

Anônimo disse...

"O pior cego é aquele que enxerga bem, mas finge que não vê,ou seja, se faz de cego!" O engraçado é que essa cambada de vereadores de Parnaiba vêem esse problema, mas não fazem naaada pra resolver! E o prefeito? Não tá nem aí!

Anônimo disse...

se fosse só isso,vejam a quantidade de galhos secos,entulhos ,lixo por toda a cidade,dizem as linguas que o Sr. prefeito acha lindo a imundice,pois a empresa de coleta é de um filho de um grande amigo seu,já falecido,como se a prefeitura fosse deles.além de não pagar horas extras para os garis.

Deusdete disse...

Otimo texto! Gente séria gosta de coisa séria, gente tola gosta de coisas tolas. Gostei muito do texto que reflete claramente que o nosso interior reflete no exterior. Parabens Josef.

Anônimo disse...

"O pior cego é aquele que enxerga bem, mas finge que não vê,ou seja, se faz de cego!" O engraçado é que essa cambada de vereadores de Parnaiba vêem esse problema, mas não fazem naaada pra resolver! E o prefeito? Não tá nem aí!

Antônio disse...

Administração incompetente!Desculpa eu acusar somente o Prefeito, mas não dá pra colocar mais ninguem á frente !! Acorda seu Zé Hamilton!!!

Anônimo disse...

SE TODOS FIZESSEM A SUA PARTE ESSE LIXO NÃO ESTARIA AI.. DE QUEM É A CULPA ? DO PREFEITO ? NÃO... DO POVO !!

Valéria disse...

Cadê o fiscal ambiental?
Existe um Código de Postura! Por que não é colocado em pratica? Existe alguma lei Municipal que puna às pessoas que jogam lixo em locais como estes? Se existe é só começar a colocar fiscais de campana e multar os agressores! Ai sim as coisas irão melhorar. Infelizmente é mau da grande maioria; só aprende quando sente no bolso.

Anônimo disse...

É uma pena que somente as pessoas da eleite tem acesso ao computador. Se sua pregação fosse feita nos rádios e tv todo dia, em 10 anos talvez esta cidade tivesse mudado de consciência. É dificil meu amigo. Sinceramente... é soldado solitário. Sou seu fã. Mas acho que é uma luta sem resultados... volto a dizer... É grave o nosso atraso cultural.

Jeferson disse...

tenho consciência nos somos culpados por toda essa revolta da natureza a terra quer respirar.será que e tão difícil entender isso...
Mas infelizmente é que as pessoas são motivadas por outras. Elas acham que não vai adiantar muito se só uma pessoa fazer isso. Então, elas acabam não fazendo a coisa certa, mas imitam os outros que fazem errado.

João Roberto disse...

Quem jogou um plástico, por exemplo, seja numa praça pública, num mar ou nos rios, não verá esse objeto degenerar-se. Morrerá muito antes, mas deixará uma herança para os seus. A herança cultural da incivilidade, indisciplina e violência.
Sérgio Buarque de Holanda afirma que somos cordiais. Nos meus termos: somos incivilizados. O que isso tem a ver com a violência corrente na nossa sociedade? Acredito que tudo. Acredito que essa cultura da incivilidade está na raiz da violência social brasileira. O sociólogo Fernando Henrique Cardoso, ou FHC, observou que nossas instituições socializadoras (a família, a escola, a religião) não funcionam, isto é, são incapazes de regular nosso comportamento. É nelas e a partir delas que toda sociedade civilizada se organiza. É nelas que aprendemos a respeitar os direitos do outro, os limites sociais impostos como condição de respeito mútuo e constrangimento coletivo. Desatados de tais limites, nossa tendência espontânea é fazer o que queremos indiferentes aos danos e abusos que impomos ao outro.

Leandro disse...

Pois é... Isso tb me revolta... Algumas pessoas infelizmente são mto ignorantes... Não fazem a idéia do que o lixo jogado significa...

Anônimo disse...

O prefeito só se importa de pintar roda pé de calçadaa e deixa o lixo rolandooo em outros lugares. A porta do cabinete dele, nem se fala. A prefeitura é uma porcariaa, imagina a casa dele. Sai logo daqui ZH!!!

Anônimo disse...

Esse josef fica se achando, é um imigrante e só fica metendo o pau nos parnaíbanos. Querendo que parnaíba seja uma capital de primeiro mundo. acorda fio vai demorar ainda muito pra esse povo se educar. porque educaçao tem de começar ainda criança depois de velho fica dificil e vc nao ta contente de morar em nossa cidade se manda, dá o fora vasa. num fica só criticando nosso povo e a cidade .

Bernardo disse...

As pessoas que jogam lixo na rua merecem tamanha punição, para que no minímo essas medidas deveriam servir para conscientizá-los de a importância cuidar do seu ambiente, mas infelizmente não é o que acontece... É mais fácil culpar o prefeito... não que ele não tenha responsabilidades, mas o dia que a população entender que sociedade é um coletivo, talvez possamos ter uma cidade melhor para se viver. Abraços

Renato disse...

Porcaria!!!Outro dia, estava na Praça da Graça quando uma mulher que acabava de comer num prato descartável, jogou o prato debaixo do banco com garfo e tudo. Ela levantou-se e saiu, embora que apenas 10m dali que tinha uns 2 cestos de lixo. Isto aconteceu na presença de homens na farda da PM. Eu pergunto: ninguém tem vergonha de ser porco?

Francisco disse...

Lamentável ver cenas dessas, lixo nas calçadas, crianças catando. Só falta mesmo urubus sobrevoando. Talvez não haja porque é noite. A popolução precisa ter CONSCIÊNCIA sobre esse fato. Se é que desejamos uma cidade limpa, civilizada e sem doenças.

Eduardo disse...

Santa impunidade brasileira! Infelizmente a educação por aqui é muito precária, fazendo com que grande parte da população não tenha consciência de seus atos. Então percebemos que através de punições, a maioria entende e/ou adquirem o conhecimento necessário a respeito do assunto.

Sérgio Francisco disse...

Educação e bom senso. Pelas fotos acho que se trata de cidades da Alemanha ou Áustria ou Suíça. Já passei lá varias vezes e adorei a ordem e disciplina. Sei que lá é proibido jogar lixo nas ruas. Nas ruas de lá nem sempre encontramos cestos de lixo nas calçadas, pois de acordo com a educação proporcionada à eles, aprendem desde pequenos a levarem seus lixos para casa ou para o local em que estão indo para então, depositarem-nos no local correto.

Anônimo disse...

As imagens monstram a educação de grande parte do povo Parnaibano. E ainda reclamam das merdas que os políticos fazem. Santa paciencia.

Maria Alzíra disse...

É hora de esse povo acordar pra acidade e o mundo... Todos os lugares, na tv, nas ruas, nos jornais, na internet... Todo mundo diz sobre os cuidados que devemos ter com o nosso planeta... Sem essa de dizer que é falta de informação... Isso pra mim é falta de escrúpulos, falta de bom senso, falta de respeito com os outros e com o mundo... Falta de educação... Isso deve ser aprendido em casa... As mães e pais devem dar o exemplo e ensinarem as crianças a não jogarem lixos nas ruas!!! Isso é uma vergonha!!! Vergonha da humanidade!! Salvo alguns, como nós, que temos alguma consciência!!

Roderico disse...

"Não é a consciência do homem que lhe determina o ser, mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência." (Karl Marx)

"De cada um, de acordo com suas habilidades, a cada um, de acordo com suas necessidades."

"A natureza recusa o vazio."(Plutarco)

"Quem for fundamentalmente um mestre, apenas toma a sério tudo o que se relaciona com os seus discípulos, incluindo a si próprio." (Friedrich Nietzsche)

Parabéns Sr.Daubmeier.

Permita-me acrescentar ao seu texto, uma pequena correção:
Cientificamente falando, somos descendentes de um organismo ancestral chamado de “Elo Perdido”, onde fósseis encontrados no Chade, país ao norte da África, revelaram organismos muito antigos (mais de 6 milhões de anos), com características anatômicas intermediárias entre uma espécime bípede e outra quadrúpede.
O Elo Perdido teria “evoluído” para seres humanos e macacos respectivamente, dando origem a duas novas espécies distintas.
Segundo o antropólogo Prof. C. Owen Lovejoy, da Universidade Estadual de Kent, em Ohio, EUA (especializado em estudos sobre as origens da espécie humana), através de avaliações dos ossos de uma fêmea do Ardipithecus ramidus, um hominídeo que viveu há 4,4 milhões de anos na região da Etiópia, o cientista afirma que os macacos teriam surgido a partir do homem e não ao contrário.
Quem quiser saber mais sobre o assunto, pesquise sobre o hominídeo chamado de “Ardi”.

Forte Abraço!

Marlene disse...

Josef, gostei do seu ponto de vista.
Não dizem que somos animais racionais? Então deixar de agir por instinto e começar a agir conscientemente é nosso dever.
Sabe, me dá uma raiva enorme quando as pessoas afetadas pelo lixo reclamam da prefeitura. Que eu saiba o lixo que emporcalha as ruas e entope bocas de lobo não foi jogado pela prefeitura. É aquela questão que a gente já conversou a respeito: omissão.
Só sabem reclamar e não sabem agir. Não sabem nem conservar o pouco que tem.
Cada um com a sua razão, né??? Bjos

Paulo disse...

Instinto e mau hábito
Por aqui, cotidianamente vemos pessoas jogando o lixo nas ruas sem medir as consequências dos seus atos. P.ex. outro dia, dirigindo o meu carro na Av. 3 de Maio parei num dos postes de iluminação e algo inacreditável aconteceu... O condutor do veículo à minha frente impetuosamente jogou o grande saco cheio pela janela no asfalto da Avenida. Todas as pessoas que estavam no meu veículo entreolharam-se espantandos, causando silêncio, tamanho o espanto em relação ao ato presenciado.

Josef disse...

Prezado Senhor Roderico. É sempre um deleite para o espírito dialogar com você. Agradeço pela valiosa informação. Abraço forte, extensivo aos seus familiares.

Anônimo disse...

o lixo está nos corações, infelizmente. Por isso q está tbém no chão.Isso é só um reflexo. O Josef tem toda razão

Ricardo disse...

Boa noite! Entendo e respeito o ponto de vista de todos sobre esse assunto de lixo jogado no chão, porém, quando o mundo muda as pessoas também tem que mudar, não é apenas questão de educação não jogar lixo no chão, mas também, questão de sobrevivência, questão de não destruir um mundo que será de nossos filhos. Hoje mesmo estava indo para a igreja quando vi um rapaz todo imponente com o seu GOLF em uma Avenida e acabou jogando uma embalagem de cigarro no asfalto. Dias atrás vi pessoas finas, com caminhonetes importadas jogando garrafas de cerveja no canteiro da Avenida São Sebastião que o autor dessa matéria (Josef Alemão) arborizou. Um absurdo, o que espero é que esse comentário ajude as pessoas refletirem melhor sobre o que estamos fazendo com a nossa cidade e o planeta e com nós mesmos……..

Nilton disse...

Realmente, você tem razão Josef. Agora eu pergunto: O QUE O POVO ESTÁ FAZENDO PELA NOSSA CIDADE? A hora que pararem de esperar por ajuda de governos despreocupados com a população talvez consigamos viver melhor com nosso próprio esforço. Parem de pedir e esperar em vão e façam.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...